Buscar
  • TXT BRAZIL

Por dentro do novo EP do TOMORROW X TOGETHER: "minisode1: Blue Hour"

Após meses de antecipação e múltiplos teasers e contagens regressivas, o TOMORROW X TOGETHER (TXT) finalmente fez seu tão aguardado retorno com o lançamento de seu novo EP, "minisode1: Blue Hour", no dia 26 de outubro.


O EP de cinco faixas é o terceiro mini álbum do TXT e também marca o segundo retorno do ano do quinteto, seguindo o lançamento de seu segundo mini álbum, "The Dream Chapter: ETERNITY", em maio passado.

Com "minisode1: Blue Hour", o grupo sul coreano não está apenas começando um novo, iniciando o que virá no próximo capítulo da jornada do TXT, mas também fornecendo aos ouvintes seu próprio diário sobre a pandemia da COVID-19.


"O ponto de foco para este EP era contar nossa história como TOMORROW X TOGETHER neste momento quando há limites para tudo que nós podemos fazer," diz o líder Soobin para a Teen Vogue sobre seu novo projeto, que foi feito inteiramente durante a pandemia. "A COVID-19 trouxe mudanças na vida de todos, e nós esperamos entregar uma mensagem que as pessoas, especialmente aquelas da nossa idade, possam se identificar. É por isso que escolhemos 'Blue Hour' como nosso single principal."


"Nós queríamos compartilhar um EP que fosse relevante neste momento porque o mundo tem passado por muitas mudanças com a pandemia de COVID-19," complementa Hueningkai. "Através do 'minisode1: Blue Hour' e 'Blue Hour', nós queríamos abordar a experiência universal através de uma perspectiva jovem/adolescente. O EP é nossa narrativa jovem, e eu espero que muitas pessoas ao redor do mundo possam ser capaz de se identificar."


Primeiro, o álbum recebeu teasers com as fotos conceituais com as versões "R", "VR" e "AR". "Nas fotos conceituais para o 'minisode1: Blue Hour', nós focamos em refletir o estado do mundo; focamos em 'casa,' porque para muitos de nós, os espaços que podem ocupar agora tem sido limitados a 'casa' e 'espaço online,'" diz Taehyun à Teen Vogue. "É uma nova norma para se encontrar através de espaços virtuais e passar tempo juntos online enquanto se mantém fisicamente separados. Onde quer que esse 'espaço' seja/esteja, nós queríamos expressas as alegrias de se passar um tempo juntos e interagindo com nossos amigos através de cores vivas e refrescantes."


"A COVID-19 trouxe mudanças na vida de todos, e nós esperamos entregar uma mensagem que as pessoas, especialmente aquelas da nossa idade, possam se identificar."

Como faixa principal para o projeto e segunda faixa do álbum, "Blue Hour" (Título em coreano: "5시 53분의 하늘에서 발견한 너와 나") se destaca tanto sonoramente quanto liricamente. A música foi criada parcialmente pelos produtores da Big Hit Entertainment Slow Rabit e Bang Si-Hyuk; conduzida por riffs funky de guitarra e batidas crescentes de baixo com uma pitada de sintetizadores, a canção animada é um impulso instantâneo de serotonina que induz à dança. Nela, os membros cantam sobre a hora mágica, onde sonhos parecem alcançáveis apesar das dificuldades que parecem nos rodear.


Por um comunicado à imprensa, 5:53 da tarde é a hora dourada durante o mês de outubro em Seoul, combinando com a data de lançamento do EP. É também descrita como a "hora entre o cão e o lobo," um momento que os membros referenciam em suas letras, que significa "o momento em que o céu escurece e a sombra dificulta a distinção de amigo e inimigo." A faixa, como Yeonjun disse durante o Media Showcase, transmite emoções complexas, comparando-a com as cores complexas do céu.


"'Blue Hour' é bem tendência; é o Disco próprio do TOMORROW X TOGETHER, e o processo de interpretar o som em nossa própria cor refrescante foi bem interessante," disse Beomgyu à Teen Vogue sobre a faixa principal. "É também cheia de uma energia brilhante, que eu sinto em momentos perfeitos como este. 'Blue Hour' acontece durante o pôr do sol. É sobre olhar para o céu e se maravilhar com sua beleza, mas também sentir um senso de isolamento e infamiliaridade. Nós desejamos que este lindo pôr do sol dure para sempre e independente de qualquer sentimentos de solidão, nós continuaremos nos sentir iguais uns aos outros."


Acompanhando o lançamento do álbum está também o videoclipe oficial e performance de "Blue Hour," que os membros visualizaram durante o Media Showcase que aconteceu apenas algumas horas antes do lançamento oficial do EP. Alinhando com os fantásticos lançamentos do TXT, no videoclipe de "Blue Hour" não faltam elementos extravagantes. Partindo da ideia de um eterno pôr do sol , vemos os membros embarcarem em uma jornada por campos verdes e rodas-gigantes flutuantes. Em um contraste marcante com "The Dream Chapter: ETERNITY", que serviu como o culminar de uma viagem da inocência de "The Dream Chapter: STAR", “Blue Hour” expressa um desejo de infância, convidando-nos a habitar em nossa imaginação.


Ligeiramente diferente da versão do álbum, o MV e a versão ao vivo de "Blue Hour" apresenta uma pequena "dance break" onde os membros mostram sua performance sincronizada. Durante o Media Showcase, os cinco artistas enfatizaram o proeminente papel principal da dança na preparação de "Blue Hour." Pela primeira vez, o quinteto possui dançarinos de apoio no palco. Eles também introduziram rotinas de dança em unidades menores e utilizaram adereços como chapéus e casacos para um segmento inspirado em Singin' in the Rain. Hueningkai admitiu durante o Media Showcase que o uso de adereços foi em parte inspirado pelo design da performance de "Filter," de Jimin (BTS), durante os shows online Map of the Soul ON:E que ocorreram nos dias 10 e 11 de outubro. Beomgyu acrescentou que a apresentação e o vídeo possuíam a intenção de parecerem um musical, e é seguro dizer que eles alcançaram este feito.



Precedendo "Blue Hour" no EP, está em primeiro "Ghosting," uma balada suave com um sentimento nostálgico. "O som é de indie rock e nu gaze dos anos 80," Taehyun diz à Teen Vogue. "É sobre sumiço, ou ser cortada de comunicação externa, e, portanto, isolado e sem comunicação. Soobin e eu ajudamos a escrever a letra dessa faixa; mesmo que uma pessoa tenha parado de responder, nós esperamos que voltem algum dia." Ela fica como a faixa mais "balada" de todas as cinco, e "Ghosting" também apresenta elementos de produção surpreendentes com a mistura de sons "vintage" na introdução e no refrão.


"Nós queremos contar uma história que apenas nós podemos contar neste momento."

A terceira faixa do EP, "We Lost the Summer" (título coreano: "날씨를 잃어버렸어") é descrita como uma faixa dancehall (salão de dança) pela Big Hit e apresenta Charli XCX como contribuidora. É talvez a [faixa] mais oportuna de todas as cinco — quando a lista de músicas do EP foi revelada no começo de outubro, foi dito que ela era inspirada em como a vida dos jovens havia mudado por causa da COVID-19. Durante o Media Showcase, os membros revelaram que a faixa foi em parte inspirada na música "오락실", uma faixa de 1998 da banda Han's Band's, no sentindo de que reconta uma situação difícil com uma cadência otimista (a crise financeira da Ásia em 1997 vs. a pandemia atual).


"A COVID-19 mudou completamente nossas vidas, e nós queremos contar uma história onde apenas nós podemos contar neste momento," Beomgyu diz à Teen Vogue. "'We Lost the Summer' representa este sentimento. Muitos adolescentes não podem mais ir à escola e sair uns com os outros, passar notas, compartilhar fones, e por aí vai. É nossa história, mas ainda é um assunto que os jovens de todo o mundo possam se identificar. É a perspectiva adolescente e nós queríamos contá-la por meio de nossa música."


Desde seu lançamento, muitos MOAs notaram que a música parece de alguma forma o espelho de "Our Summer," que também é a terceira faixa do álbum "The Dream Chapter: STAR." "'Our Summer' era sobre momentos brilhantes, apaixonantes e agradáveis que passamos juntos com nossos amigos, e 'We Lost the Summer' é, de certa forma, sobre o oposto disso," Soobin diz. "Ela reflete na realidade deste ano com a COVID-19, então eu suponho que nossos fãs definitivamente pensaria nas duas [músicas] juntas."


"A música é sobre a crença de que, independentemente das incertezas que possamos sentir, ainda estaremos juntos enquanto nos lembrarmos uns dos outros."

"Wishlist" é a quarta faixa do EP e é produzida por Sam Klempner. Desde o início, "Wishlist" se destaca como uma música pop animadora. Descrita pela Big Hit como uma faixa "brilhante" e "alegre", "Wishlist" foi escrita em parte por Yeonjun, Hueningkai e Taehyun. O maknae do TXT, Hueningkai, descreve a faixa como um "pop-rock refrescante." A mensagem é simples, mas compreensível. "Nesta música, nós lutamos para saber que presente de aniversário preparar para uma pessoa especial. Muitas pessoas deve ter estado nesta situação antes."


"Way Home" (em coreano: "하굣길") é outro destaque no EP. Sua batida inspirada no R&B oferece uma saída do som alegre do TXT para um reino um pouco mais sombrio. Misturando batidas suaves de trap com os vocais doces do quinteto, este é um gênero que esperançosamente eles irão explorar mais no futuro. As habilidades de rap de Yeonjun também brilham num verso inteiro, oferecendo uma pausa rítmica refrescante. "Em termos de gênero, eu mencionei antes que gostava de future R&B. Eu tive a chance de trabalhar com este gênero através de 'Way Home'," Yeonjun diz à Teen Vogue, e este fato provavelmente não foi uma surpresa para os MOAs, já que ele já havia comentado que essa música era de seu gosto durante uma transmissão no VLIVE.


"Nesta música, nós fazemos nosso próprio caminho de volta da escola," ele continue. "Apesar de ser o caminho que sempre fazemos, alguma coisa sobre ele parece desconhecida e nos faz sentir inquietos. A música é sobre a crença de que, independentemente das incertezas que possamos sentir, ainda estaremos juntos enquanto nos lembrarmos uns dos outros."



Combatendo os sentimentos conflitantes que a pandemia tem gerado, o "minisode1: Blue Hour" fornece uma pausa em sua familiaridade inquietante e dá esperança à luz da incerteza, sem adoçar as letras. Mantendo a abordagem característica do TXT sobre conceitos juvenis, o mini álbum permanece como outra oferta sólida do quinteto que os avança como compositores e intérpretes. Os cinco rapazes usaram este EP para mostrar seu crescimento mostrando facetas de suas personalidades artísticas com a inclusão de novos gêneros e músicas compostas por eles mesmos, seguindo "Maze in the Mirror" e a faixa ultra escondida "Sweat." "Nós demos ideia e participamos na composição das letras do começo até o processo criativo. Colocamos muito esforço neste EP, e essa experiência em si definitivamente tem nos permitido crescer musicalmente," diz Yeonjun.


Conceitualmente e visualmente, o "minisode1: Blue Hour" é o começo de uma nova jornada para o quinteto. O "1" no título do EP pode indicar que haverá um "2" e, julgando a inclinação dos artistas da Big Hit a trilogias, talvez haja até um "3." Contudo, tanto Soobin quanto Taehyun disseram durante o Media Showcase que este minisode serve como uma ponte entre o "The Dream Chapter" e qualquer série que venha a seguir.


"O TOMORROW X TOGETHER tem sempre contado sua própria história através da música, e a 'próxima jornada' será a mesma coisa," Yeonjun diz à Teen Vogue. "Será a continuação de nossa história a ser contada à medida que crescemos e a situação evolui."




Artigo original: Teen Vogue TRAD ENG-PT/BR: Abby (TXT Brazil)

  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Tumblr - Círculo Branco

COPYRIGHT © 2020 pela Equipe TXT BR

Todos da TXT BRAZIL tem o compromisso de promover o grupo sul coreano TOMORROW BY TOGETHER no Brasil.
E trazer aos fãs todas as notícias sobre o TXT, traduções, vídeos, fotos, entrevistas, etc.
DEIXAMOS CLARO QUE NÓS NÃO POSSUÍMOS NENHUM TIPO DE CONTATO
COM O GRUPO TXT OU COM SUA GRAVADORA BIG HIT.
Todo o site e trabalho feito, é realizado de fã para fã!