Buscar
  • TXT BRAZIL

EXCLUSIVO: TXT reina com sua jornada extravagante.

Atualizado: Abr 10



“Por causa da imaginação / Antes que a magia alaranjada daquele céu se vá/ Por causa da imaginação / Naquele instante você sentiu a emoção? / Você sente a emoção?/ Por favor pare o tempo agora”

Diz o grupo sul-coreano TOMORROW X TOGETHER na sua música Blue hour do seu último EP "Minisode 1: Blue Hour". Chegou em outubro de 2020, em um tempo que todos precisavam de um escape do trauma que golpeou o mundo com a Covid-19. As músicas desse EP serviram como um relance no mundo do quinteto e como eles tentaram lidar com a vida do isolamento social. O sombrio sentimento de perda foi similar ao redor do mundo e todos nós queríamos parar nos tempos bons que tivemos. Esse foi o momento que parecia que o TXT estava dando um passo para a nova era da vida deles através da música.


Em janeiro de 2019, a primeira série de vídeos introdutórios do próximo grupo da Big Hit Entertainment, o TOMORROW X TOGETHER (também conhecidos como TXT) foi realizado. Isso serviu de vislumbre para o novo universo da próxima geração de um grupo que veio 6 anos depois do debut dos nominados ao Grammy e popstars, o BTS. Todos os olhos estavam voltados para o que a Big Hit Entarteinment tinha pra oferecer em seguida.


Agora, dois anos depois com muitos álbuns nos charts, uma discografia tão impactante e uma elevada lista de prêmios e conquistas, eles se tornaram o ‘IT’ grupo da 4° geração do K-pop. TOMORROW X TOGETHET composto por Choi Soobin (20 anos), Choi Yeonjun (21 anos), Choi Beomgyu (19 anos), Kang Taehyun (19 anos) e Hueningkai (18 anos). O nome do grupo significa diferentes pessoas que se uniram por um sonho de construir um amanhã juntos. O fandom é chamado MOA (Moments Of Alwaysnees/Momentos de Eternedidade). Fazendo a jornada de 2 anos, TXT fez um fanmeet presencial chamado "SHINE X TOGETHER", para interagir com seus fãs, foi transmitido ao redor do mundo virtualmente. Nos ultimos 2 anos eles domiram a arte da presença de palco. O entusiasmo de aprender mais, explorar, produzir e compor assim como escrever suas próprias músicas e mais- a vontade de melhorar a sí mesmo continuando com suas músicas. Depois do debut em 4 de março de 2019, o grupo deixou um impacto não apenas com a música mas também no chart de "Artistas Emergentes da Billboard". O EP se tornou o pico mais alto para um álbum de debut de grupos masculinos a está nos charts da Billboard. Com seu último EP "Minisode1: Blue Hour", TXT quebrou seu próprio recorde com seu álbum alcançando o 25° lugar nos charts da Billboard. Desde seu debut em março de 2019 o quinteto vêm construindo e cativando narrativas do universo musical deles e a jornada através da magia, fantasia enquanto conta historias de cinco garotos, crescendo, navegando junto com o os olhos do público e mais! Através do mundo fantástico e aventuras mágicas na sua trilogia de álbuns "The Dream Chapter". TXT explorou a transição da infância à adolescência, enfrentando as dificuldades enquanto embutiam as emoções de esperança e de cura através da suas músicas. Olhando para trás, o TXT, nos últimos dois anos foram transformadores para o grupo. Eles construíram a sua própria fanbase através da própria história repleta de relacionabilidade e ênfase no sonho. Você vê cinco garotos tentando estruturar a sua jornada. Eles são confiantes, determinados e a sua força vem do fato de que eles estão motivados a fazer melhor amanhã.


TOMORROW X TOGETHER deu uma entrevista para a Bollywood Hungama para complementar o aniversário de dois anos do grupo, sobre sua jornada, as suas músicas significativas e como essa pandemia os afetou.



P: Primeiramente, antes de partimos para a entrevista, como vocês estão? SB: Estou tocando piano, jogando, e assistindo à programas de TV. YJ: Estou interessado em filmes e séries esses dias. P: Eu assiti o MOA Academy e foi muito fofo que vocês decidiram compartilhar esse momento com os fãs. Já que Beomgyu, Taehyun e Hueningkai se formaram recentemente no ensino médio, deve ter sido um momento bom de compartilhar com suas famílias e amigos, certo? BG: Foi bom. Eu passei um tempo com os membros, olhando fotos da antiga escola e conversando sobre os tempos de escola. TH: Eu tive um estouro no ensino fundamental. Eu continuo mantendo contato com os professores e amigos daquele tempo. HK: Minha família me enviou uma mensagem desejando parabéns! Foi uma pena que nós não podemos ficar juntos na festa de cerimônia, mas a cerimônia virtual foi uma experiência interessante.

P: Dois anos de TXT de fortes rookies que charteam na Billboard, tem sido uma jornada e tanto. Como tem sido performar juntos pelos últimos dois anos e o que vocês aprenderam do processo de fazer música e estar nos olhos do público? YJ: Foi muito pesado ano passado, em particular por causa da pandemia, mas pensando no tempo em que passamos juntos com nossos fãs, eles nos deram muita felicidade e alegria. E quando eu penso nessas memórias com o MOA, isso me motiva a ser ainda mais sincero e genuíno com a nossa música. P: Desde o começo, a força de vocês tem sido a presença de palco e a história única contada a cada álbum. O que faz isso especial é que do "The Dream Chapter: STAR" para o "minisode 1: Blue Hour", TXT continua a criar mais histórias ressoantes para acalcançar sua juventude. Teve um momento que vocês perceberam que a música de vocês estava alcançando a tantas pessoas e que eles estavam se conectando com a sua história?

TH: Toda vez que nós vemos o amor que as pessoas estão mostrando a nossa música e quando nós ouvimos que nossas músicas e performances iluminam o dia de alguém e que nós os damos energia, esses momentos são definitivamente momentos que sentimos a conexão e a empatia que as pessoas têm construido com a nossa história. Então, eu queria sinceramente agradecer à todos os nossos fãs pelo apoio em massa que eles tem nos mostrado. Obrigado MOA!

P: A faixa principal do The Dream Chapter: STAR, "Crown", foi um interessante debut. Serviu de introdução para a nova era dos artistas da Big Hit Entertainment. Havia muita antecipação já que vocês debutaram depois do popstar global, BTS. Eu lembro que o dia em que o álbum foi realizado e da primeira transmissão quando vocês estavam emocionados de ver o trabalho duro sendo finalmente liberado. Vocês se lembram dos dias até o dia do debut? Como foi gravar um MV pela primeira vez e o que cada um de vocês estava sentindo? SB: Eu lembro de cada momento, incluindo os dias de trabalho duro até o nosso debut. Nós crescemos assistindo à MVs no YouTube, então pareceu irreal que nós tivemos nosso próprio MV. Só haviamos feito covers até então, por isso eu senti orgulho que nós finalmente realizamos nossa própria música e coreografia. Me fez incrivelmente feliz.

P: E aí veio a era do "The Dream Chapter: Magic" e vamos ser honestos o primeiro comeback é sempre especial, já que agora os fãs estavam esperando para ver o que vocês haviam trazido para a mesa. Com Run Away, vocês arrasaram. Falando sobre aventuras mágicas, definindo as regras com "New Rules", encontrando seu "eu interior" com "Angel or Devil" e crescendo sob os holofotes que parece como uma "Rollercoaster". O que o segundo álbum significou para vocês? HK: Foi um álbum muito especial. Contendo histórias das nossas aventuras e expressando nosso senso de liberdade. Eu acho que é uma parte do porquê foi muitas pessoas puderam se identificar. Nós somos muito gratos pelo o amor e apoio que estamos recebendo de tantos fãs ao redor do mundo. Obrigado MOA!

P: Fechando "The Dream Chapter" com "Eternity", eu diria que foi o trabalho mais vunerável do TXT. "Cant You See Me?" foi um MV muito bonito, "PUMA" foi feroz, mas eu fiquei comovido pela história criativa contada em "Eternally". Foi tão comovente escutar ao álbum, mas assistindo aos MV foi uma viagem. Como foi criar essa obra de arte de álbum em que todos vocês participaram na produção e na letra também? BG: Há sempre um tema quando eu trabalho com a música. Eu tento conectar aquele tema o que me ajuda a refletir. Isso também faz a história que vamos contar, mais pessoal. No todo, foi um processo divertido e uma boa experiência de aprendizado. E trabalhar no "The Dream Chapter: ETERNITY" não foi uma execessão.

P: Eu fiquei tão surpreso quando "Minisode1: Blue Hour" saiu, porque foi uma mudaça drástica do EP anterior. Mas para ser sincero era o que a audiência precisava. Algo com confiança e cura. Enquanto "Blue Hour" foi caprichoso, "We Lost The Summer" foi comovente foi a história do TXT de 2020 e como eles passaram pelo Covid - 19. Vocês podem me dizer por que foi importante compartilhar a experiência de vocês? BG: Nós pensamos em que tipo de história poderíamos colocar na nossa música. Eventualmente nós decidimos que queríamos centralizar nosso novo álbum em um tema que era relevante para todas as pessoas. Queriamos fazer músicas que as pessoas podiam se identiticar, sendo assim qualquer pessoa que escutasse a nossa música pudesse pensar nela como a sua própria história e se sentir confortável.

P: Há músicas específicas, através da sua jornada de dois anos que vocês mais se conectaram, a que mais te representa? SB: Eu diria "Fairy of Shampoo", a coregrafia e a música combinam comigo. YJ: "PUMA", porque mostra as forças que eu tenho. BG: "Maze in The Mirror", a música conta a nossa história às vezes eu me sinto emocionado com "Maze in The Mirror" e nesses momentos eu ouço ela e me conforto. TH: "Blue Oranageade", a narrativa da música é sobre personalidades diferentes se juntando para criar enegia que é um reflexo de nós como TOMORROW X TOGETHER. HK: Eu escolho "CROWN". Eu acho que o tema das dores do crescimento e ao todo, o flow da música combinam bem comigo.

P: Nos últimos dois anos eu também tenho visto algumas performances de shows de premiação onde vocês fazem covers de algumas músicas lendárias incluindo Shinee (Replay e Scherlock), BTS (Boy In Luv e Dynamite), TVXQ (Hug) e mais. Vocês veem a respostas dos seus fãs online, já que eles apreciam os seus esforços? SB: Elas são músicas fantasticas e nós trabalhamos muito duro nas nossas performances para os fãs. Estamos extremamente gratos pela resposta positiva. Eles realmente nos colocam para frente e nos motivam a entregar performances ainda melhores no futuro.

P: Já que já faz dois anos de TXT, se você pudesse dar um conselho para o seu "eu" trainee, o que seria? TH: Eu diria a mim mesmo pra medir muito bem o que eu faço.

P: O TXT está trabalhando no comeback? O quê podemos esperar dessa vez? YJ: Não podemos dizer exatamente quando, mas nós estamos animados. Vamos retornar com mais músicas e perfomances boas esse ano. Então não perca.

P: Por último, se a situaçao ficar melhor, o TXT gostaria de visitar a Índia algum dia? Vocês tem uma mensagem que queiram falar para os MOA's que tiveram esperando vocês perfomarem aqui? HK: Ainda não tivemos o prazer de visitar, então se a oportunidade vier nós amariamos! Por favor fiquem seguros até lá e obrigado por nos mostrar tanto amor. Nós amamos vocês MOA's.






Fonte: Bollywood Hungama

TRAD ENG-PTBR: Thaís (TXT BR)

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Tumblr - Círculo Branco

COPYRIGHT © 2020 pela Equipe TXT BR

Todos da TXT BRAZIL tem o compromisso de promover o grupo sul coreano TOMORROW BY TOGETHER no Brasil.
E trazer aos fãs todas as notícias sobre o TXT, traduções, vídeos, fotos, entrevistas, etc.
DEIXAMOS CLARO QUE NÓS NÃO POSSUÍMOS NENHUM TIPO DE CONTATO
COM O GRUPO TXT OU COM SUA GRAVADORA BIG HIT.
Todo o site e trabalho feito, é realizado de fã para fã!