Buscar
  • TXT BRAZIL

ENTREVISTA: O TOMORROW X TOGETHER reflete sobre marcos e discutem sobre fazer música



Existem certos músicos cujos nomes são sinônimos de excelência, e o grupo vindo da Coreia do Sul TOMORROW X TOGETHER (também estilizado como TXT) que consiste em cinco jovens rapazes que atingiram um nível raro de notoriedade. O grupo de "super-rookies" foi formado pela gigante gravadora Big Hit Entertainment (casa do BTS), e estrearam em 2019 com seu EP introdutório "The Dream Chapter: STAR" alcançando o nº1 no gráfico de álbuns do Gaon na Coreia do Sul. O EP começou a fazer barulho nos Estados Unidos, chegando à Billboard 200 em 140º lugar e estabelecendo um recorde de estreia impressionante para um grupo masculino de K-pop nos gráficos dos Estados Unidos.


O sucesso imediato de seu ofício os lançou rapidamente no mercado internacional, resultando, depois, em uma mini-tour esgotada pelos Estados Unidos para dar início aos seus muitos triunfos e prestígios. Mais recentemente, seu terceiro EP "minisode1: Blue Hour" entrou no gráfico da Billboard 200 em 25º lugar, se tornou seu segundo primeiro lugar no gráfico Billboard World Albums, e está alcançando rapidamente o certificado de Platina Dupla de 500.000 unidades no Gaon.


Uma extensão do impacto do TOMORROW X TOGETHER como músicos pode ser descoberta através de seu canal no Youtube, que atualmente já acumulou mais de 500 milhões de visualizações por seus visuais coloridos, coreografias distintas, e musicalidade irrefutável. Sua arte já resultou em incontáveis prêmios e indicações em uma infinidade de categorias altamente cobiçadas na Coreia do Sul e nos Estados Unidos — mantendo a excelente reputação que a gravadora é conhecida. Mais tarde, neste mês, o grupo irá lançar seu primeiro álbum japonês intitulado "Still Dreaming," devido ao seu fã clube dedicado (MOA) ajudando o grupo a expandir seu alcance através de uma valiosa perspectiva da geração Z sobre o atual estado do mundo para um público ainda mais amplo.


Com grandes músicas de sucesso como a amante do funk dos anos 70 "Blue Hour" e o carisma inegável de "Drama," o TOMORROW X TOGETHER tem uma forte identidade coletiva por serem um ato relativamente novo. A noção de testemunhar essa dedicação e paixão da próxima do K-pop é imperativa para as eras futuras de jovens artistas, e a importância da união do K-pop com a mídia mainstream como um todo. Considerando a incrível quantidade de amor que o grupo conquistou de pessoas ao redor do mundo, parece que a aquisição do TXT é iminente — e nós estamos totalmente a bordo.


O TOMORROW X TOGETHER está se aproximando rapidamente de seu segundo ano de aniversário, com recentes músicas para encerrar 2020 e novas músicas para começar 2021, então nós falamos com os cinco membros do grupo (Soobin, Yeonjun, Beomgyu, Taehyun, e Hueningkai) sobre seu processo criativo, celebrando conquistas marcantes, e refletindo num ano que testou profundamente todo mundo.




Eu realmente gostei do ressurgimento da música pop disco/retrô, e é também um tema importante na música mundial — como foi enfrentar esse conceito com sua chama única do TOMORROW X TOGETHER no "minisode1: Blue Hour"?

SB: Nossa faixa título, "Blue Hour," é uma faixa de dança de discoteca suave, mas moderna e enérgica que tece lindamente a história de nossos cinco membros juntos. A música tem um som de sintetizador cativante, um fundo rítmico de guitarra, e uma linha de baixo dinâmica, e eu acho que tudo se juntou de uma forma encantadora para criar uma verdadeira obra prima disco cativante. Nossos produtores, Slow Rabbit e Bang Si-Hyuk (também conhecido como "hitman" bang), também estavam envolvidos nessa criação, então você pode dizer que "Blue Hour" é a reinterpretação do gênero disco da Big Hit Entertainment.

HK: "Blue Hour" é uma música muito animadora e divertida, e eu imagino seja em grande parte graças às vibrações e ao clima geral da própria música, mas o "minisode1: Blue Hour" foi um período muito agradável e incrivelmente divertido para todos nós. Ficamos tão felizes e gratos que muitas pessoas gostaram!


Tenho certeza que os últimos meses tem sido um período ocupado, com sua performance no MAMA Awards e a música nova. Qual foi a maior lição dessa era?

SB: Nós trabalhamos muito duro preparando nossa apresentação para o MAMA. E graças a essa performance e essa era em nossas carreiras, eu fui introduzido ao gênero disco de um jeito completamente novo e agradável.

YJ: Disco era um gênero musical que eu não tinha encontrado. Então, acho que a maior lição pra mim foi a sensação de realização quando aprendi e executei com sucesso uma performance no estilo disco pela primeira vez.

BG: A importância do ensaio! Durante esse tempo, eu mais uma vez percebi o quão crucial o ensaio contínuo e o trabalho duro são.

TH: Eu investi muito tempo e esforço em praticar, e valeu a pena. Eu sinto que fui capaz de melhorar e crescer significativamente como um artista durante essa era.

HK: Tanto minha mentalidade quanto nosso trabalho em grupo definitivamente se fortaleceram nos últimos meses.


Vocês estrearam há apenas dois anos e nesse tempo vocês ganharam diversos prêmios, entraram em gráficos como Gaon Album e Billboard, e até alcançaram sucesso universal ao redor do mundo. Houve algum momento que você poderia apontar como um dos momentos de maior orgulho da sua carreira até agora?

SB: Se eu tivesse que apontar um momento, definitivamente seria quando nós ganhamos nosso primeiro "win" em um programa de música.

YJ: Meus momentos de maior orgulho na carreira até agora são quando eu fui à minha primeira audição, e o dia em que estreamos como TOMORROW X TOGETHER.

BG: Existem muitos que eu consigo pensar, mas suponho que seria quando nós recebemos nosso primeiro prêmio de "Rookie do Ano."

TH: Eu me sinto orgulhoso cada vez que lançamos um novo álbum.

HK: Quando nós fomos colocados em 25º lugar no gráfico da Billboard 200!


Suas performances detalhadas tem ajudado a entregar alguns momentos épicos em vídeos musicais e performances como seu recente prêmio no MAMA por "Favorite Dance Performance." Esse tipo de recepção positiva dos fãs e colegas alimenta seu trabalho quando assumem um novo projeto?

SB: É claro! Todo o amor e feedback positivo do nosso MOA significa tudo para nós. Eles nos ajudam a sonhar e nos esforçar continuamente.

YJ: Sim, nossos fãs são nossos maiores apoiadores e motivadores então receber esse tipo de reação positiva significa muito para todos nós.

BG: Definitivamente! A recepção positiva do nosso MOA é uma grande ajuda. Eu estou extremamente animado para mostrar a eles o que nós temos preparado para nosso próximo projeto!

TH: Absolutamente! Nós estamos trabalhando duro em nosso próximo projeto, e nosso MOA pode definitivamente esperar por isso.

HK: Sim! O apoio do nosso amado MOA e o encorajamento de nossos queridos membros tem sido uma grande ajuda e motivação pra mim.


Vocês tem uma forma inata de se conectarem com seus fãs (MOA), e o novo EP foi outro grande exemplo disso porque estar conectado enquanto está separado é bem identificável agora. Tem sido útil criar e compartilhar música durante este momento difícil?

TH: Nos identificamos muito com as dificuldades que todos nós estamos enfrentando na situação atual, então nós queremos criar uma música que sirva como uma fonte de conforte para muitas pessoas. São tempos difíceis e nós perdemos todo o senso de normalidade e rotina, certo? "We Lost the Summer" é uma produção direto dos pensamentos e reflexões sobre como poderíamos refletir essa sensação de perda e solidão.

Nossos fãs nos disseram que eles se identificaram de todo coração e encontraram conforto nas mensagem que transmitimos através do nosso EP, "minisode1: Blue Hour." E nós, em troca, também recebemos conforto e positividade por compartilhar nossa música com o mundo.


Soobin, eu sei que você foi creditado em "Ghosting," que é uma faixa sólida que apresenta uma produção cativante de destacamento. Qual foi a melhor parte de começar a trabalhar com seus companheiros como compositores?

SB: Eu acho que a melhor parte é que eu comecei a conhecer meus membros num nível profundo, em termos de seus gostos musicais e preferências. Beomgyu e eu temos gostos musicais bem parecidos, então podemos nos identificar um com o outro e trocamos ideias livremente. Por outro lado, Yeonjun e eu temos gostos musicais completamente opostos, então ele tem sido uma grande ajuda em ampliar meus horizontes e me apresentar a novos gêneros.


Hueningkai, você é um pianista maravilhoso, e eu espero que nós tenhamos a chance de ver isso em uma música um dia. Se você tiver a oportunidade de adicionar um piano em um futuro comeback, quais gêneros você gostaria de combinar com ele?

HK: Eu adoraria apresentar uma música num tipo de gênero "pop band." Eu quero mesclar um piano animado com melodias tocadas por instrumentos diferentes. Eu acho que iria soar bem legal!


Taehyun, você também é creditado em algumas faixas, como "Ghosting" e "Wishlist," você possui uma lembrança favorita de dar vida a alguma dessas músicas?

TH: Para ser honesto, quando eu estava trabalhando em "Ghosting," o tema da música mudou duas vezes e eu me lembro de ter que re-escrever a letra algumas vezes por causa disso também. "Ghosting" é uma música que passou por um extenso processo de revisão, então eu estava em êxtase quando eu ouvi que ela havia finalmente sido confirmada e selecionada.


Yeonjun, nestes ambientes você pode deixar de trabalhar juntos como um grupo e passar a ter essa intimidade única de talento. Como tem sido para vocês embarcar nesta enorme jornada juntos?

YJ: Estar junto com nossos membros é sempre agradável e significativo. Naturalmente, nós passamos por dificuldades e confrontos de tempos em tempos, como pessoas geralmente fazem, mas nós superamos cada vez através de nossas conversas sinceras. Eu acho que nosso trabalho em equipe cresceu ainda mais forte e nós nos tornamos mais próximos uns dos outros através dessas experiências.


Beomgyu, o novo EP parece que não tem medo de discutir as dificuldades associadas com as transições da vida. Obviamente, houveram algumas dificuldades universais para todos nós, mas qual foi sua mudança positiva em 2020?

BG: 2020 foi indiscutivelmente um ano difícil para todos. Mas, eu fui capaz de encontrar alguma positividade e conforto por compartilhar "Maze in the Mirror," uma música que eu escrevi primeiro quando eu ainda era um trainee, com o mundo.



Não deixem de conferir o próximo álbum japonês do TOMORROW X TOGETHER, "Still Dreaming," disponível em 20 de janeiro!





Entrevista original: Euphoria. Magazine

TRAD ENG-PT/BR: Abby (TXT Brazil)

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Tumblr - Círculo Branco

COPYRIGHT © 2020 pela Equipe TXT BR

Todos da TXT BRAZIL tem o compromisso de promover o grupo sul coreano TOMORROW BY TOGETHER no Brasil.
E trazer aos fãs todas as notícias sobre o TXT, traduções, vídeos, fotos, entrevistas, etc.
DEIXAMOS CLARO QUE NÓS NÃO POSSUÍMOS NENHUM TIPO DE CONTATO
COM O GRUPO TXT OU COM SUA GRAVADORA BIG HIT.
Todo o site e trabalho feito, é realizado de fã para fã!