Buscar
  • TXT BRAZIL

ENTREVISTA: Hueningkai para Weverse Magazine (mai/22)

"Como membro mais novo, quero ser uma presença tranquilizadora."

Hueningkai agitou os braços enquanto falava sobre o animal de estimação de Beomgyu, Toto, e respondeu cada pergunta da entrevista com entusiasmo entre explosões daquela sua risada tão característica. Então, de uma vez, ele revelou calma e silenciosamente sua maior paixão agora: "Ultimamente, o que mais tem me deixado apaixonado são as preparações para as promoções."



P: Parece que há muito neste comeback que é diferente de seus comebacks anteriores. Você finalmente realizou um fanlive com plateia há pouco tempo, por exemplo.

HK: Os MOAs ainda precisavam usar máscaras e não podiam gritar, mas não tive problemas em ver o amor que eles sentem por nós em seus olhos. Houveram mais vezes no passado onde não pudemos vê-los do que vezes em que pudemos. Fui para o palco no fanlive para dizer olá ao MOA e me fez sentir como um cantor de novo.


P: Você esteve bem ocupado até mesmo antes do comeback, não é? Você lançou um cover de 'Sk8ter Boi' da Avril Lavigne em fevereiro.

HK: Eu não estava apenas fazendo um cover de uma música de uma cantora que eu gostava quando era novo, mas também era meu sonho porque 'Sk8ter Boi' é uma das músicas que você tem que fazer se você faz uma banda. Se eu me lembro corretamente, Beomgyu hyung apresentou essa música quando esteve em uma banda, também. Pensei que seria legal já que estávamos para fazer 'Good Boy Gone Bad,' outra canção no estilo rock.


P: Isso é praticamente um spoiler a respeito do gênero de 'Good Boy Gone Bad.' Você deu um spoiler do novo álbum no MMA 2021 [Melon Music Awards], também.

HK: Nós damos pequenos spoilers diferentes de nossos próximos álbuns em toda cerimônia de eventos. O dance break de Yeonjun feito no 36th Golden Disc Awards, que ele também fez no Studio Choom foi uma prévia do tipo de sentimento que o novo álbum possui, também. Um homem jovem, inocente, encontra inspiração em algum lugar e muda de uma maneira que ele deseja se tornar uma estrela, quer ser legal, deseja ser um pouco bad boy, o que realmente combina com a vibe de todo o álbum e a pegada rock do single principal. O motivo pelo qual escolhi 'Bad Man' de todas as músicas do RAIN sunbaenim para apresentar no KBS Song Festival foi que era uma combinação perfeita para nosso álbum. E na verdade, conforme me lembro, 'Bad Man' e 'Candy' foram muito bem recebidas, então acredito que era tudo parte da grande imagem da empresa. (risos)


P: Faz você parecer mais malvado ir do cabelo loiro no Song Festival para o cabelo escuro nas fotos conceituais que foram lançadas. (risos)

HK: Vendo como meu cabelo ainda está um pouco danificado, vou usar um shampoo de crescimento acelerado para que ele cresça rápido e então cortá-lo. (risos) E para a versão END, tivemos que usar camisetas brancas para nos expressarmos com nada além de nossos rostos, mas eu não conseguia entender e achei muito difícil. Eu fiquei tão desapontado após a sessão que perguntei se poderíamos fazer mais uma vez. Felizmente as coisas funcionaram melhor daquela vez e foi aquela que acabaram usando. Relaxei meus olhos um pouco no geral, mas voltei minha atenção para a câmera como se estivesse olhando para ela e continuava tocando meus lábios com o polegar e o indicador.


P: Em 'Good Boy Gone Bad,' a parte "나를 버리던 너에게 꼬리를 흔들었던 내 past (Você ficou me dispensando / Minha cauda balançando para você, este é meu passado)" soou ainda mais sombria não apenas por causa da letra, mas também pela forma que você canta com a uma voz arranhada, tensa.

HK: Felizmente eu aprendi a como cantar com uma voz rouca enquanto praticava para '0X1=LOVESONG (I Know I Love You)' feat. Seori, então aquilo saiu melhor do que eu esperava, mas soou muito tranquilo, então para arrasar mesmo, eu pratiquei a pronúncia bem cuidadosamente enquanto cantava. Eu ensaiei com a intenção de ressoar cada sílaba, mas quando estava muito claro, parecia que eu estava lendo um caderno de lição em voz alta, então encontrei uma meio termo. Estou sempre praticando para os shows ao vivo, e quando estou dançando, tenho que dar força ao meu corpo, o que ajuda a minha voz a ser mais forte, também, então na verdade é fácil. No lugar, foquei mais nas minhas expressões faciais, que me preocupavam. Mesmo quando eu pensava que devia apenas parecer sério, percebi que não seria bom se eu fosse o único sério, baseado em como a música segue, então ficaria mais legal se eu sorrisse levemente. É parecido com '동물원을 빠져나온 퓨마 (PUMA),' mas a música era mais conceitual e tinha que capturar a essência do puma, mas este álbum é mais fundamentado, então é diferente. Para aquele, nós tínhamos que fazer com que parecesse um puma, então até decidimos assistir um documentário sobre pumas. (risos) E eu vi pumas caçando preguiças.


P: Como você se sentiu com 'Lonely Boy (네 번째 손가락 위 타투),' sua primeira canção unit?

HK: Aquela foi a primeira música que começamos a gravar, mas eu não conseguia descobrir como encontrar o tom, então levou um longo tempo para mim pegar o jeito, e acabou que terminamos ela por último. Eu fui com um tom típico no começo, mas a música não estava dando certo, então na próxima eu tentei um pouco menos ofegante, mas parecia que eu estava indo muito rápido. Mesmo cantando enquanto imaginava uma imagem de mim mesmo como um garoto solitário não estava funcionando (risos), então acho que a forma que eu finalmente arrasei no sentimento foi apenas cantando de novo e de novo. Repetição era a chave para aquela música no final.



P: Parece que "repetição é a chave" é também a chave para seu crescimento musical, de certa forma.

HK: Trabalho duro e consistente compensa. Acho que é realmente uma coisa boa estar trabalhando em outros gêneros de músicas, escrever letras e composições, e outras coisas, então tento escrever letras ou melodias porque eu penso que "devia apenas tentar escrever alguma coisa, mesmo que talvez não funcione." Sinto que estou descobrindo meu próprio estilo assim.


P: Você disse aos seus fãs no Weverse que você é devagar para decorar coisas, o que o levou a se preocupar, mas que você se torna rápido naturalmente.

HK: Nós tínhamos avaliações mensais quando éramos trainees e no começo levava um mês inteiro para eu memorizar qualquer coreografia. Mas eu superei aquele mês em três semanas, e então duas, e então uma, e agora algumas vezes eu consigo memorizar uma coreografia em apenas dois dias. Vendo como o tempo me ajudou lá me faz pensar pensar que existem coisas que você acaba adquirindo naturalmente quando você nunca para de fazê-las.


P: Você também toca piano, não é? Quando você tocou no V LIVE, você disse, "Há tantas coisas que estão incompletas. Mas mesmo assim, eu quero tentar."

HK: Eu ainda penso em querer entregar uma performance perfeita, na verdade, mas ultimamente sinto que é melhor apenas tentar, mesmo que eu falhe. Então estou tentando pensar menos nisso porque o fato de que estou tentando algo já é significativo.


P: O que você faz nas ocasiões em que pensa demais em coisas como essa?

HK: Quando estou sobrecarregado de pensamentos, eu vou para um lugar quieto e deixo meus pensamentos fluírem livremente, e se eu tiver muitos, apenas vou dormir. As coisas ficam geralmente melhores depois de um dia, então se eu não consigo lidar com isso e começo a pensar no que eu devo fazer ou se eu estou fazendo alguma coisa do jeito errado, eu digo a mim mesmo para apenas dormir, e na hora em que acordo no dia seguinte, me sinto bem.


P: Eu peguei essa vibe do TikTok, também. Por exemplo, você fez um vídeo onde pediu para os MOAs não compararem a si mesmos com os outros, e outro onde você fez o desafio "Coma comigo."

HK: Eu fico gravando esses vídeos porque eu quero trazer conforto para eles, antes de mais nada, e com a esperança de que eles não tenham muitos pensamentos negativos. Acredito que você possa dizer que é uma coisa simples, mas estou feliz por estar ajudando os MOAs a encontrar algum conforto através disso. E estávamos nos mostrando apenas no palco, mas tenho certeza que uma vez ou duas os MOAs se perguntaram o que fazemos quando não estamos no palco e o que fazemos nos bastidores. Pensei que seria novo se mostrássemos um lado nosso diferente ou algo mais próximo da nossa vida diária.


P: Talvez seja por isso, em um vídeo do X:TIME, havia um clipe onde Beomgyu disse a você que as aulas de dança foram canceladas e você disse que ainda sim ficaria e ensaiaria. Você fez isso mesmo

HK: Não. (risos) Mas aquilo foi no meio da aula de dança, então eu ensaiei mais ainda depois disso.


P: Nós vemos você vestir as mesmas roupas que você usou naquele vídeo desde a sua estreia.

HK: Eu gosto de moletons e calças confortáveis, pessoalmente, e geralmente uso o mesmo par de sapatos por um longo tempo, então visto um moletom com zíper com calças de treino e esses sapatos. Quando eu estava em quarentena, um MOA postou, "Sinto falta do Hueningkai," e colocou uma foto de um moletom com zíper, calças de treino e sapatos, e então quando eu voltei para casa e de fato estava usando exatamente o mesmo tipo de roupas que eles disseram, "Ele não mudou nada." (risos)



P: Você está falando do vídeo onde Taehyun te recebeu de volta, não é? (risos) Pode-se sentir o quanto vocês se importam uns om os outros, mesmo através de um vídeo curto. Quando vocês estavam fazendo casinhas de gengibre no TO DO X TXT e a sua desmoronou, Taehyun te confortou e disse, "Você sempre tem um plano," e Yeonjun fez um carro de mashmallows para você.

HK: Ainda consigo ver na minha cabeça todos os quatro fazendo casas incrivelmente legais, enquanto no instante em que toquei a minha, ela se desfez inteira, então eu estava tipo, 'o que eu faço?' Yeonjun hyung estava sentado bem ao meu lado, e ele sugeriu que tentássemos de outra forma, e então ele fez o carro para mim. Sou muito grato ao Yeonjun hyung. Ele está sempre me ajudando. E os outros membros me ajudam o tempo todo, também. Taehyun é meu colega de quarto e me dá respostas sobre qualquer coisa que eu esteja curioso para saber, e também aprendi muito sobre como falar melhor com ele — talvez porque fizemos um programa de rádio, Youth Communication Project: Listen juntos. Soobin hyung está lá para mim desde que éramos trainees, e Beomgyu hyung fez muito por mim em Daegu, também.


P: Sim, você foi a Daegu com Beomgyu.

HK: Beomgyu hyung é de Daegu, então eu estava bem curioso a respeito do tipo de lugar que era. Eu comi bolinhos de arroz com mel e todos as outras comidas famosas por lá e ganhei 2kg. Os outros membros tentaram me levantar depois disso e disseram, "Isso foi difícil!" (risos) E eu conheci o Toto, que ajudou a nos acordar com o som que ele faz batendo levemente suas asas.


P: Algumas vezes você cuida dos outros membros também. No episódio "Chef Kang Cozinhando Segredos," quando os outros membros estavam tentando fazer com que Beomgyu comesse camarão, e você disse, "Você não precisa comer se não estiver afim."

HK: Eu não gosto de sorvete Dippin' Dots, por exemplo. (risos) Não é algo que eu goste muito de comer, já que tive dor de barriga por comer no passado, então é por isso que eu disse que ele não precisa comer — porque eu sei como é.


P: Soobin disse que você é o melhor quando vê que um dos outros membros está se sentindo cansado e desgastado, e você se aproximar para dar um abraço.

HK: Eu me sinto triste sempre que vejo alguém que esteja cansado ou dormindo e eu quero ser capaz de fazer ao menos uma coisa por ele. Se alguém está dormindo no sofá ou na sala verde, é um ato de pequeno mas útil cobri-lo com um cobertor — um que possa ajudá-lo a dormir melhor, eu acho. Ou, se um deles parece estar tendo um momento difícil, eu dou tapinhas em suas costas ou os abraço. Eu realmente espero que seja reconfortante para eles, mesmo que só um pouco. E por outro lado, há muitas vezes onde eu sou aquele que está cansado ou adormecido e os outros membros me cobrem com o cobertor, e há vezes em que eles me dão tapinhas nas costas, também.



P: Como você disse em sua entrevista para a Numéro TOKYO: Você é o "caçula brilhante e confiável." (risos)

HK: Naturalmente, se você pode contar uns com os outros, você tem uma forte conexão e um sentimento próximo. Como membro mais novo, eu quero ser uma presença tranquilizadora tanto para os outros membros e os MOAs, que possam ter fé e depender disso.


P: Você mostra o seu lado confiável, mas algumas vezes você também mostra seu lado travesso.

HK: Os membros fazem pegadinhas e brincam muito uns com os outros, mas como já estamos tão acostumados agora, isso na verdade nos aproxima e nos mantém amigáveis. Estamos sempre brincando por aí de formas novas e criativas, então cada dia é uma diversão própria. (risos) No começo, eu podia enganar os outros membros com minhas pegadinhas, mas agora eles sabem quando não estou falando a verdade porque me conhecem muito bem. Uma vez nós deveríamos terminar a coreografia às dez da noite, e eu disse ao Soobin hyung, "Eles disseram para terminarmos a coreografia às 11 hoje." Então ele foi e perguntou à equipe diária do artista e voltou dizendo, "Seu mentiroso," mas se eu tentasse isso agora, ele me diria imediatamente para parar com isso. (risos)


P: Acredito que como você está com Soobin desde quando vocês estavam em treinamento, ele consegue detectar suas pegadinhas com mais facilidade. (risos) Eu ouvi que, quando vocês receberam um retorno severo durante as avaliações mensais e havia um sentimento ruim no ar, vocês dois rapidamente apagavam e só procuravam por outra pessoa para dividir um lanche da meia noite.

HK: Se você se agarrar a algo com muita força, vai fazer você se sentir horrível. Eu acho que você não devia guardar esses sentimentos já que são notícias antigas, de qualquer forma. Você pode fazer melhor na próxima vez. Acho que quando temos uma manhã difícil, pensei que seria legal terminar o dia com uma nota alta, significando que devemos apagar tudo e só curtir o resto do dia.

P: Naquele mesmo dia, um fã brincando também te chamou de otaku, para o que você respondeu prontamente, "Não há nada de mal ter uma paixão por alguma coisa." Aquilo foi bem impressionante.

HK: Não ha absolutamente nada de errado em ser apaixonado pelos seus hobbies. Acho que as pessoas parecem estar mais felizes quando estão falando de seus hobbies. Elas investem a si mesmas do que qualquer outra pessoa do fundo de seus corações porque amam o que fazem, acho que é completamente errado descontá-los por isso.


P: Então qual tem sido sua maior paixão ultimamente, mais do que qualquer um

HK: Ultimamente, o que eu mais tenho estado apaixonado são as preparações para as promoções. Geralmente eu começo a me imergir nos ensaios para os shows ao vivo e a dança um mês antes das promoções. Nosso comeback é dia 9 de maio. (risos)








Entrevista original: Yujin Lee (Weverse Magazine)

TRAD KOR.ENG/PT-BR: Abby (TXT Brazil)

5 visualizações0 comentário